Seu bebê 0-1 ano

A diversificação liderada pela criança, uma boa ideia?

A diversificação liderada pela criança, uma boa ideia?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

No Reino Unido, um fenômeno está atraindo cada vez mais pais: a diversificação autônoma liderada pela criança ou DME. O princípio: coloque um prato na frente do bebê e solte-o, sem nunca intervir. O que é preciso para pensar?

  • Para um bebê a diversificação alimentar é recomendada entre 4 e 6 meses. Purés, carnes, peixes e até os alimentos alergênicos mais famosos (ovos, peixes, frutas exóticas, nozes, amendoins e aipo) devem ser apresentados durante esse período para despertar o gosto da criança e, acima de tudo, minimizar os riscos de alergias mais tarde.
  • Uma recomendação que alguns pais parecem querer se libertar do benefício da "diversificação autônoma liderada pela criança (DME). O princípio: apresentar a seu bebê alimentos sólidos aos 6 meses de idade, em um prato, deixando-o escolher o que ele quer comer, com os dedos, e em nenhum caso os pais devem intervir.O resultado: bebês cobertos com purê de batatas que comem o que querem
  • Esse fenômeno, iniciado por uma enfermeira inglesa, autora de um livro sobre o assunto em 2008, encontra cada vez mais eco entre os jovens pais ingleses, convencidos a tomar a receita milagrosa para que seu filho coma tudo. As aulas começaram em Londres para ensinar o básico ...

DME: Progresso ou moda?

  • Mas então, o que devemos pensar? Para Patrick Tounian, chefe do departamento de pediatria do Hospital Armand-Trousseau em Paris, esse fenômeno é simplesmente "ousado": "Esse método não se baseia em nenhum dado científico, não vejo como Este é um passo adiante: deixar que a criança escolha a comida provavelmente só toma os alimentos que a fazem feliz, limitando-se a introduzir novos alimentos. Os autores afirmam que quanto mais cedo uma criança entrar em contato com diferentes alimentos, menos manifestações alérgicas ocorrerá mais tarde. Por fim, não entendo o interesse de ter seu filho colocando metade da comida nele e nas paredes e depois tomando banho depois, porque está coberto de cenoura ... "

Stéphanie Letellier



Comentários:

  1. Gajas

    É notável, esta mensagem muito valiosa

  2. Healy

    Dê onde posso encontrar?

  3. Zulugore

    Não vejo nesse sentido.

  4. Iuitl

    Não posso participar da discussão agora - não há tempo livre. Mas vou voltar - com certeza vou escrever o que penso.

  5. Davet

    the sympathetic thought

  6. Costica

    Diga-me a quem posso perguntar?



Escreve uma mensagem